A cuca da minha mãe

Não sei se hoje eu seria tão amiga do fogão não fosse o exemplo de minha mãe na cozinha. Não é por que é minha mãe não, mas eu juro (e ponho a minha mão no forno!) que ela faz a melhor comida do mundo!

Receitas recortadas, anotadas e rabiscadas estão nos cadernos que ela me deu, cadernos com tantas marcas que registram a infinidade de vezes que eles foram utilizados, pela minha vó, por ela, minha mãe e agora por mim. Dentre elas uma página se destaca, está até solta do caderno, já foi feita com tantos recheios diferentes que quando minha mãe veio com mais uma idéia cheguei a pensar que não superaria as outras.

CUCA DE AMEIXA E COCO
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3 colheres (chá) de fermento em pó
  • 1 pitadinha de sal
  • 3/4 de xícara de leite
  • 2 ovos
  • 2/3 de xícara de manteiga
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de coco ralado sem açúcar
  • 2 xícaras de ameixas sem caroço
Farofa (opcional)
  • 1/2 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1/2 colher (sopa) de manteiga
  • coco ralado a gosto
Misturar a farinha, o sal, o açúcar e o coco ralado e reservar. Bater os ovos com a manteiga até homogeneizar e acrescentar o leite mexendo bem. Juntar os secos e os molhados e misturar o fermento delicadamente. Despejar a massa em uma forma untada e enfarinhada, por cima da massa ir jogando as ameixas e polvilhar o coco ralado. Misturar com a mão os ingredientes da farofa até a manteiga desaparecer e polvilhar por cima da cuca antes de ir ao forno. Assar em forno pré-aquecido a 205ºC por aproximadamente 30 minutos.

Se quiser menos doce não se preocupe em usar a farofa, apenas polvilhe açúcar de confeiteiro depois de assado para decorar.

A receita original é cuca de banana, mas também já foi cuca de uva preta, de maçã, de pêra, de pêssego e sei lá quantas mais!

Mas como sempre, minha mãe estava certa, a de ameixa também ficaria (e ficou) uma delícia, comeria esta cuca todos os dias da minha vida!

9 comentários:

Luciana Betenson disse...

Nossa, que delícia Noelle :-) Juro que me deu água na boca esta foto hoje de manhã... rsrsrs! Não sei porque no meu Google Reader só aparecem as fotos dos seus posts, agora que vi as receitas maravilhosas no blog... hummm. Adorei. Beijos,

afadadacozinha disse...

Noelle, seu blog é de dar água na boca! Essa cuca está na minha mira!

bjs da Fada da Cozinha

Talita disse...

Oi, Noelle! Que maravilha de cuca!! Sem dúvida estava deliciosa!! Bem comfort food!

Você acredita que só vi agora o seu comentário sobre os muffins de cracóvia? (http://chocorango.blogspot.com/2009/02/muffins-de-cracovia-e-queijo-colonial.html)

QUe legal saber que é receita sua! É mesmo muito gostosa!

um grande beijo.

Noelle Aquino disse...

Luciana Betenson e Fada da cozinha: muito obrigada::: ;D
Talita: Que bom que vc gostou! ;D

Paulo RT disse...

Na verdade, quem faz a melhor comida do mundo é a MINHA mãe. haha
Essas receitas de família, ainda mais com família boa de cozinha como a tua mãe e a minha são um tesouro único. É impressionante como se descobre coisas deliciosas nesses cadernos. Tem coisa que não deve em nada a muitas publicações top.
Essa receita é uma delas. Olhando ela, eu diria que essa farofa é fundamental (fica levemente crocante, contrastando texturas que se desmancham)

Noelle Aquino disse...

Concordo com tudo que disse Paulo e você parece ter até experimentado pois descreveu a importância da farofa com exatidão!
Muito obrigada pela visita e volte sempre! ;D

. disse...

Nossa bateu uma saudades da minha mãe,que chegou a doer.Ela gostava de fazer cuca de banana nanica,nunca comi com ameixa,vou fazê-la deve ser deliciosa.Obrigada por compartilhar.
Abços

Anônimo disse...

Ola, fiz sua cuca hoje, mas fiquei confusa quanto ao coco ralado. Primeiro vc diz pra misturar com a farinha e o açúcar e depois diz que é pra jogar o côco por cima da ameixa. Depois, na farofa, está correta a quantidade de manteiga? Grata, Flavia.

Anajá Schmitz disse...

Amo cuca e está está divina, estou levando receita.
Felicidades.